Detalhes do Produto


PROCESSOS ELEITORAIS NO RIO GRANDE DO SUL O PRP E A CONSTRUÇÃO DAS ALIANÇAS POLÍTICAS DE 1958 E 1962
Editora: EDIPUCRS

Ficha Técnica

ISBN: 9788539706730
Origem: Nacional
Ano Edição: 2015
Edição: 1
Formato: 14 X 21
Nº Paginas: 140
Idioma: PORTUGUÊS
Peso: 0,18

Sinopse

O propósito desta pesquisa é analisar as alianças e/ou coligações realizadas pelo Partido de Representação Popular (PRP) no Rio Grande do Sul nas eleições para o governo do estado de 1958 e 1962. Procuramos investigar o funcionamento do sistema partidário a partir das alianças realizadas por um partido pequeno com as duas maiores correntes políticas do estado naquele período (os trabalhistas , capitaneados pelo PTB; e a frente antitrabalhista, reunindo PSD, UDN, PL e PDC). Definimos nosso estudo a partir da aceitação do PRP no sistema partidário brasileiro, da disputa entre as principais forças políticas pelo seu apoio e da sua inserção no aparelho burocrático-administrativo do estado. Nas eleições de 1958, o PRP se coligou com o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e em 1962 integrou a Ação Democrática Popular (ADP), junto com PSD, UDN, PL e PDC. Tentaremos desvendar os critérios utilizados para a formação dessas alianças com correntes políticas antagônicas e a forma como foram construídas e consolidadas no interior do partido. Para melhor compreendermos a trajetória política do PRP, buscamos sintetizar sua política de alianças no período anterior, verificando a partir de 1947 (primeira eleição estadual de que o partido participou) quais foram os seus aliados preferenciais nas eleições para a Mesa da Assembleia Legislativa e nos pleitos estaduais e municipais.


Outros livros do mesmo assunto
O REPÓRTER ESSO: A SÍNTESE RADIOFÔNICA MUNDIAL QUE FEZ HISTÓRIA ED. 2
MONTESQUIEU - CONSIDERAÇÕES SOBRE AS CAUSAS DA GRANDEZA DOS ROMANOS E DE SUA DECADÊNCIA
CHE GUEVARA: MITO, MÍDIA E IMAGINÁRIO
Mapa do Site
 
Formas de Pagamento